fbpx
Back To Top

Como Escolher Minha Estufa de Laboratório?

Olá pessoal, tudo bem com vocês?

Hoje viemos tirar uma dúvida recorrente de nossos clientes:

Então, como eu faço para escolher o modelo ideal de estufa para a aplicação que necessito em laboratório?

Nós da Medtherm vamos separar esse post em duas etapas, onde na primeira iremos dar algumas dicas para você escolher sua estufa e na segunda, vamos apresentar alguns modelos para que você se familiarize. Lembrando que qualquer dúvida, basta escrever pra gente ok? Combinado?

O que levar em conta:

  1. TEMPERATURA: A faixa de temperatura que você irá utilizar é sem dúvida um fator determinante. Atente-se a sua temperatura de operação.
  2. TAMANHO: É de extrema importância que você entenda bem do seu processo, de quantas amostras e análises que serão necessárias por dia, assim é bem mais fácil na hora de comprar a sua estufa.
  3. INSTALAÇÃO: Uma estufa precisa ser instalada sob uma bancada reforçada ou diretamente no chão, dependendo no tamanho da estufa. Não esqueça de medir previamente o local pretendido, para analisar com as medidas da estufa que pretende adquirir. 
  4. CONSTRUÇÃO DA ESTUFA: Material corrosivo? Não? Indicamos sempre o interior em INOX por conta da durabilidade mesmo. Lembrando que existem opcionais de externo em inox também.
  5. PRATELEIRAS: Cada capacidade comporta um número “x” de prateleiras. Se atende se é o suficiente ou será necessário retirar ou colocar alguma a mais.
  6. APLICAÇÃO: É muito importante que informe ao fabricante sua aplicação, pois ele poderá lhe auxiliar de acordo com a sua necessidade de uso. Lembre-se também que sempre são lançados modelos novos e otimizados, o que pode ser uma ótima saída para você.

Tipos de Estufas:

ESTUFA DE ESTERILIZAÇÃO E SECAGEM: São encontradas em versão analógica e digital, sua precisão varia de acordo com o modelo. Geralmente são utilizadas na faixa de 15º à 250ºC. Investimento certo para quem utiliza vapor seco para esterilização e secagem de instrumentos.

ESTUFA BACTERIOLÓGICA: Especialmente desenvolvida para a incubação, crescimento e multiplicação de microorganismos por meio de temperaturas controladas e uniformes (+5º + 70ºC)

ESTUFAS COM CIRCULAÇÃO DE AR:  Sistema de circulação forçada horizontal do ar, através de micro ventiladores, para uma homogeneidade térmica mais rápida. Trabalha na faixa de +5º à 200ºC

ESTUFAS COM CIRCULAÇÃO E RENOVAÇÃO DE AR: Circulação forçada horizontal de ar, através de micro ventiladores, para uma homogeneidade térmica mais rápida e da renovação do ar, sistema que permite a troca do ar, internos da câmara com o exterior.

 

Post a Comment

×

Powered by WhatsApp Chat

× Vamos conversar?